top of page

A ÉTICA COM COERÊNCIA PARA O BRASIL DEMOCRÁTICO

Vivemos nos últimos quatro anos no meio de mentiras, sendo a mais englobante o uso dos fascistas da democracia para reivindicar o direito de destruí-la, ficando impunes. A sociedade civil vem sendo convocada a se posicionar nos seus conselhos, organizações e instituições coerentes com suas práxis.

A OAB do DF repudiou o terrorismo em Brasília, pedindo responsabilização aos que nele atuaram ou se omitiram. Com isso, deu exemplo coerente à categoria: Impossível pensar que advogados que conhecem a Constituição possam encontrar uma ética na defesa do vandalismo fascista que vivemos. A vida, valor maior, tem sido desinvestida no campo da saúde, com o que vimos no desmonte do SUS, nos descasos, corrupção, na pandemia e agora na doída revelação do genocídio dos Yanomamis.

Quanto às Forças Armadas: no artigo 142 fica bem claro que, dentre suas funções, primordial é a defesa das instituições democráticas. O que, na desrealização terrorista, bolsonarista, sofre uma deturpação, uma incoerência, buscando chancelar seus atos antidemocráticos e golpistas. No mesmo artigo, visto com lucidez, temos o aval de que o presidente Lula tem o poder, e está tendo, de tê-las sob sua autoridade, para que cumpram a defesa do Estado, garantindo a lei e a ordem.

Trabalhadores do Serviço social seriam coerentes em apoiar a política assistencialista eleitoreira de Bolsonaro na reta final? E os médicos que defendem a privatização da saúde, que, de modo negacionista, apoiaram o “kit Covid”, com Cloroquina e ivermectina? (Hipócrates se vira no túmulo contra os hipócritas que fizeram seu juramento).

E no campo filosófico-religioso? Cristão de verdade discrimina, defende tortura e destruição do meio ambiente, dos direitos individuais, sociais e humanos? Por exemplo, não é coerente com o Espiritismo apoiar um “líder trevoso” cujas características Kardec marcou como a forma de seu discurso (no caso de Bozo: Chulo, cruel, preconceituoso e sem empatia com a dor, com mortos de covid e com a fome que ele resgatou).

Nós, psicólogos, temos como grande princípio de nosso código de ética defender toda a forma de opressão e discriminação. Isso nos coloca num campo diametralmente oposto à lógica e prática destrutiva e preconceituosa do fascismo. E para os psicanalistas vale lembrar o que Lacan frisa no seu seminário da Ética: “O que não podemos pecar é em deixar de ceder ao desejo”. Porém, o desejo não é da ordem do gozo mortífero, mas do que cabe na civilização, sem abrir mão da lei.

A mentira que sustentou todos os golpes, desde o impeachment de Dilma, o engodo da Lava jato pra tirar Lula do páreo em 2018, precisa ser tratada, com aposta de que alguns sujeitos podem acordar desse transe ou que a lei os contenha. Ainda, uma psicoeducaçõa deverá ser articulada nos currículos de história, com debates nas universidades que retomam a democracia na escolha de seus reitores, graças a Lula.

Mario Quintana disse que “quem nunca se contradisse, no mínimo está mentindo”. Isto faz parte do humano, mas no limite no qual o que é da lei, da coerência com a democracia não seja ultrapassado de modo perverso e mentiroso.

A psicanálise, no trabalho clínico, busca a palavra verdadeira, escutando e pontuando a formações do inconsciente que revelarão o que é do desejo. Como empréstimo para pensar o que é grupal e social, escutamos o sintoma claro de perversão da ordem, de negação do que é instituído, apostando que a união democrática, com rigor da lei, se estabeleça.

Para isso, a pedido de Lula, o ministro da Justiça, Flavio Dino, está articulando a Guarda Nacional. Este dispositivo vai resguardas a segurança e a integridade dos prédios públicos, fiscalizar as redes em relação a manifestações antidemocráticas, proteger fronteiras e os estados.

Enfim, com o fim da verdade encoberta pelo sigilo de cem anos e o combate firme às mentiras, ao terrorismo, nossa democracia promete se consolidar com avanços em todos os setores, com máxima coerência com os princípios constitucionais.


Gaio Fontella Psicólogo, psicanalista, debatedor no “Café com análise” no youtube: https://youtu.be/KVO5G6YFmEM













4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page