top of page

Exposição "Camisas" mostra itens históricos do Zequinha



O Empório Zeca recebe no próximo dia 13 de agosto das 10h às 20h a exposição Camisas. Na ocasião, ficará em exposição parte do acervo de camisas do Esporte Clube São José, do colecionador André Oliveira, que hoje tem mais de 70 itens somente do Zeca. Torcedor do clube, Oliveira é uma espécie de garimpeiro de raridades e guarda itens históricos. Entre eles, estão camisas históricas originais, como a do ano de 1981 e a especial do goleiro Danrley em sua passagem pelo time.

Na exposição, estará disponível também a medalha de campeão da Copa RS de 2017 e o álbum do campeonato Série C de 2019. “A ideia é que torcedores e simpatizantes possam conhecer algumas histórias e resgatar as memórias do clube através das camisas e aproximar moradores das proximidades do Passo da Areia com o clube do bairro”, explica a proprietária do local, Nanra Branco.

A iniciativa irá acontecer no último jogo do São José nesta fase do Brasileiro série C, que enfrenta a Associação Atlética Altos no Passo da Areia. Atualmente, o time busca sua colocação para prosseguir na próxima fase do campeonato. “Nossa ideia é fechar a primeira fase do campeonato, esperando também comemorar a vitória em casa!”, enfatiza André Oliveira, que coloca pela primeira vez a sua coleção ao acesso do público.


Serviço:

Exposição Camisas

Quando: 13 de agosto

Horário: das 10h às 20h

Entrada gratuita

Mais informações com Nanra (51) 992528518


Empório Zeca

Aberto há 4 meses, o local fica na Assis Brasil, na fachada da sede social do Esporte Clube São José, e tem como objetivo valorizar a ideia de torcer pelo clube do bairro. Perto do estádio, também funciona como um espaço para encontro dos torcedores do Zeca, nos pré e pós jogos realizados no Passo, e transmite as partidas realizadas fora ao vivo para torcedores e simpatizantes. O espaço vende produtos artesanais e orgânicos de produção local e serve refeições artesanais a partir destes insumos. “Procuramos comercializar apenas empresas locais, uma ideia de consumir o que é nosso”, explica Nanra. O espaço abre aos sábados a partir das 10h com feira de orgânicos e artesanais e segue com almoço e serviço até às 22h. Aos domingos, a agenda especial para dias de jogos. Nos demais dias da semana, o espaço fica à disposição para realização de eventos culturais e privados.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page