top of page

São José empata e segue sem vencer no Passo D’Areia

O São José recebeu o Juventude nesta segunda-feira (13) no Passo D’Areia e não conseguiu vencer, mesmo atuando com um jogador a mais em quase toda a segunda etapa. A partida terminou em 1 a 1. Com este resultado o Zeca ficou na 5ª colocação com 9 pontos. O Caxias, que ocupa a última vaga do G4, tem 12 pontos. O Juventude ficou na 8ª posição com 7 pontos. O São José ainda não venceu atuando em casa.

Imagens: Mirgon Kayser

O 1º tempo foi de pouca inspiração das duas equipes. A partida foi mais disputada no meio-campo, com sequências de faltas de ambos os lados. Os times não conseguiam criar. Arriscavam de longa distância ou em bolas paradas. E foi assim que nasceu o gol do Juventude. Aos 40 minutos, em cobrança de falta da intermediária, Jadson cortou mal e a bola sobrou dentro da área para o volante Jean, de cabeça, abrir o placar: Juventude 1 a 0. E assim terminou a primeira etapa.

O São José iniciou o 2º tempo com duas alterações: Marcelo no lugar de Jadson e Sillas no lugar de Neko. Logo a 1 minuto de jogo, Jean (autor do gol) recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida, deixando o time visitante com um atleta a menos. Esse lance modificou o panorama da segunda etapa, pois o Juventude se posicionou de maneira mais defensiva, tentando explorar os contra-ataques. O Zeca passou a ter as ações da partida, mas não de maneira muito organizada. Mesmo assim o São José começou a criar algumas oportunidades. Aos 3 minutos Thiago Santos cabeceou e a bola bateu duas vezes no travessão, no rebote Matheus Pivô finalizou para fora. Aos 22 minutos Sillas recebeu dentro da área e chutou muito alto, por cima do gol adversário. Aos 28 minutos finalmente saiu o gol do Zeca. Tayllon arriscou de longe e o goleiro não segurou firme, no rebote Matheus Pivô mandou para as redes e empatou a partida em 1 a 1. Tinha muito tempo ainda, mas o São José não conseguiu criar grandes oportunidades. Na melhor delas, Guilherme Biteco chutou de fora da área, obrigando o goleiro Thiago Couto a fazer uma boa defesa. Apesar da pressão do Zeca o placar não foi alterado. Final: São José 1x1 Juventude.

Fotos: Jeferson Machado

O São José começou a partida com Fábio Rampi; Matheus Pivô, Bruno Jesus, Tiago Pedra e Jadson; Samuel, Karl e Neko; Tayllon, Thiago Santos e Zé Andrade. Ingressaram na partida: Marcelo, Sillas, Thiaguinho, Neto e Guilherme Biteco.

O treinador Thiago Gomes começou com mais uma formação diferente. Colocou Jadson na lateral-esquerda e compôs o meio com jogadores mais de contenção. Na primeira etapa o time teve enormes dificuldades e ninguém se destacou. Na segunda etapa, a partir da expulsão do atleta do Juventude, o Zeca passou a pressionar, mas sem muita organização. Thayllon foi bem na segunda etapa (enquanto teve fôlego). Matheus Pivô fez o gol e demonstrou muita dedicação. Guilherme Biteco ingressou na equipe pela primeira vez no Gauchão e melhorou a qualidade do passe e dos cruzamentos de bola de parada (e quase fez um golaço). Ao final do jogo a torcida demonstrou impaciência com alguns atletas e com o treinador Thiago Gomes.

Ainda é possível a classificação às semifinais, mas na próxima rodada, quinta-feira (16) às 21h30min, o São José enfrentará o Internacional, fora de casa. Parada duríssima para o Zeca. O time do bairro vai precisar do carinho da torcida e de muita dedicação, para voltar com um resultado positivo do Beira- Rio. A missão é difícil, mas não impossível. Dá-lhe, Zeca!!


Jeferson Machado é professor de geografia em escolas privadas de Porto Alegre

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page