top of page

O FILHO DELE



Atende por Jair Renan. Tem 24 anos, e se acha o Tal. Tem “coucher” que foi pastor e professor de tiro. Falta, na verdade, tirocínio a ambos.

Deu uma entrevista ao site Metrópoles, dizendo “Quem sabe eu não sou o próximo Ellon Musk?”. Ele esquece do que falou Marx: “A história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa.”

Diria que se repete como um INFORTÚNIO.

O pai dele se reuniu com O EXTERMINADOR, que atende por Ellon Musk, para falar da Amazônia. E logo depois, mataram Dom e Bruno, em prosseguimento a uma série de infortúnios, com a mão dos que gerenciam a Banalidade do Mal mundo afora.

Há 45 dias escrevi:

"Não se impressionem se Ellon Musk não comprar o Twitter. Se for comprá-lo, fará ainda alguns estragos com suas polêmicas declarações, para obter mais algum 'desconto´."

E voltei ao tema há 15 dias, lembrando disto e dando uma nota sobre o golpe do desfazimento do negócio do Twitter.

Não é fortuita esta referência do filho dele ao Musk. São dois “outsiders” do sistema global, e isso que eu não sou capitalista. Junto com eles, estão a turma do Face e do Google que operam a linha de frente do capitalismo de vigilância.

Eles não se importam com os outros. O Twitter, num só dia, teve um prejuízo de quase 10% na bolsa por conta de um tiro midiático de Musk.

Jair Renan pode usar ternos em vez de roupinha de playboy que não muda sua alma. Ele é um liliput da política e da economia.

Ele não faz ideia da perda de bilhões do Face quando a Apple, que é mais séria que eles na potência “n”, acabou com alguns dispositivos usados ilegalmente, por cima das leis, pelo dono do Meta, ex-Facebook.

O que sabem o pastor e seu pupilo do momento da Guerra Rússia X Ucrânia e seus reflexos para nós, no Brasil? Nada.

A Rede Globo, que é global, é capitalista, assaca até na novela Pantanal contra os que querem passar a boiada a qualquer custo.

Esta mesma Globo passa um Fantástico mostrando o crime político que matou um petista por ódio de um bolsonarista; mostrou o odioso crime contra Bruno e Dom; mostrou as mazelas do racismo etc, porque do jeito que anda nosso país, nem o capitalismo sobrevive, já estamos com os dois pés na barbárie.

O filho dele é uma pontinha do pântano que se tem por aí, e eles andam metidos no esgoto que os alimenta todos os dias.


Adeli Sell é professor, escritor e bacharel em Direito.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page